Sobre o amor

São essas pequenas coisas, as idas e vindas, as palavras soltas e jogadas ao vento. São esses olhares indiscretos, fingindo alguma discrição, que fazem de um coração, nada além de pedaços; e dos joelhos, o samba insistente.

São os pequenos detalhes, os sorrisos modestos, os cumprimentos logo pela manhã. O perfume marcante, que gruda na pele gelada de um dia úmido de quarta-feira.

São todas essas bobagens que dizemos, que fazemos. São todos os momentos inesquecíveis, quase indescritíveis. São todas essas coisas que fazem um coração pulsar cada vez mais, e mais rápido.

São todos esses clichês, o drama incansável, a dúvida cruel, o beijo aguardado, o abraço roubado. É tudo isso que nos faz viver, nos faz querer, nos faz lutar. É tudo isso que nos faz amar.

(Trechos retirados do meu baú de memórias)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s